terça-feira, 25 de dezembro de 2007

A festa

É impressionante, as pessoas acham que a cultura popular é sempre maravilhosa. No caso do Nordeste, basta vestir uma roupa colorida, carregar no sotaque, botar o som de uma sanfona e pronto, está feito o espetáculo. Sem esquecer, é claro, de um bom subsidio governamental para incentivar a cultura regional, pois ela não pode morrer. Tive uma prova disso no “espetáculo de Natal” em Natal (entenderam, não é?). Nunca vi tanta gente em cima de um palco, falando baboseira e requebrando-se como loucos. Eu pensava: quanto cada um deve estar levando para fazer isso? Na platéia o prefeito, um punhado de gente que nem sei quem são e o Senador Garibaldi. “Ô Garibaldi, Garibaldi? E o Renan, pô? Vocês deixaram o homem lá?”

Pois é, eu, como nordestino, já deveria saber que estas coisas regionais, em sua maioria, são uma grande porcaria! Tudo financiado com dinheiro público é claro!

Nenhum comentário: