sábado, 22 de março de 2008

De Hitler a Reyes



O Partido Comunista Brasileiro (PCB) apresentou sua propaganda eleitoral gratuita na última quinta-feira. Foram ditas várias baboseiras sobre neo-liberalismo (com hífem mesmo), imperialismo norte-americano, direitos dos trabalhadores, entre outros.

Também foram destacados os papéis da Venezuela, Bolívia e Equador como exemplos a serem seguidos. Não faltaram elogios ao comandante Fidel...

Porém, o que mais me chamou atenção foi a dedicatória do programa. nas palavras do partido "a aqueles que deram sua vida em nome da causa do comunismo". No site do Partido, eles destacam que:

"Raul Reyes entra ao desaparecer, assassinado, no panteão dos heróis da América Latina. Como Sucre, como Bolívar, como Artigas, o Che, Raul Reyes ultrapassa a fronteira da única forma de eternidade possível – dos homens que viveram para servir a humanidade e contribuir para que ela continue."



Fico imaginando o que aconteceria se um Partido de extrema direita fizesse uma homenagem, por exemplo, a Adolf Hitler. Sem dúvidas outro grande homem, que entrou para eternidade...

Brincadeiras à parte, nós temos muita tolerância com esquerda, não acham?

Nenhum comentário: