sábado, 29 de março de 2008

Mais um


Finalmente Factótum, do Charles Bukowski, está em minha estante. O velho Chinaski de volta. Estou viciado em Bukowski. Culpa de dois caras, o Cristiano e o Laurini. Vida longa a eles.

Um comentário:

Cristiano disse...

Sinceramente, é o grande romance dele junto com Cartas na Mesa. Como recomendação, fuja dos contos dele do início da década de 70, pois são ruins e arrastados. Agora, o merito vai pro Laurini: ele entende muito mais do Bukowski que eu.