segunda-feira, 30 de junho de 2008

Fábio Giambiagi fala sobre o IPEA

Será que o pessoal do IE da Unicamp e da UFRJ já viram isso? (cliquem aqui.)
O "professor" do IPEA leu?

Baixaria acadêmica

Lembram do episódio onde um autor colocou o artigo como "aprovado para publicação" em seu Lattes, embora o paper estivesse em minha mão e, consequentemente, sob processo de avaliação? Pois bem, descobri que não foi só ele que fez isso. Um dos coautores, inclusive muito respeitado como pesquisador aqui no Nordeste, fez o mesmo.

Um amigo me falou brincando: vou submeter um paper para a Econometrica e colocar "aceito para publicação em 2008".

Enfim, o que fiz? O paper era bom, quanto a isso nada tenho a declarar. Contudo relatei o ocorrido para o editor da revista e, felizmente, rejeitamos o trabalho.

Fiquei muito feliz com a decisão editorial. Porém, o melhor seria denunciá-los, como coloquei em meus comentários:

[...] Para minha surpresa, os autores cometeram uma atitude, no mínimo, reprovável: incluíram em seus curriculum Lattes o artigo como "aceito para publicação". Confira, por favor, o que eu digo:

[links para o Lattes]

Nesse sentido, temos duas possibilidades: a) ou eles não sabem a diferença entre aceito e submetido ou; b) agiram de má fé.

Sei que aqui não é o lugar para tratarmos desse assunto, o ideal seria que a CAPES tivesse um maior controle sobre as informações, dado que elas estão sendo usadas para avaliação dos centros de pesquisa. O triste é observar que esse tipo de "maquiagem" de produção está cada vez mais comum em nosso meio.

Portanto, temos um dilema: um bom trabalho, passível de publicação na (nome da revista), contudo uma atitude reprovável de seus autores.

Por conta disso, mando o parecer apenas para você e não para os autores. Podemos continuar conversando a respeito da decisão editorial?

Atenciosamente,

Erik Figueiredo

Forró


O blogueiro está em férias. Neste final de semana fiz uma coisa que não fazia a anos. Fui ao forró. Isso mesmo, tentei dançar e tudo mais. No forró da sexta eu decepcionei, estava meio entrevado. No sábado a coisa melhorou um pouco. Fui ao tradicional "Forró do pote". Coisa fina, ambiente agradável arejado e o trio de forró botando pra quebrar. Luiz Gonzaga na veia!

Até quadrilha eu dancei, "olha o pai da moça, mentira...". Durante o dia cama, preguiça, discovery, futebol...

Mais preguiçoso do que eu só a senhorita Luciana. No próximo findi iremos para alguma praia no litoral sul, isso inclui a Paraíba.

Só para não dizer que sou muito folgado, durante a semana eu dou duro nos papers pendentes. Falarei deles nos próximos posts.

Obs.: Foto de um dos ambientes do Forró do pote.

quinta-feira, 26 de junho de 2008

O IPEA de novo

Um leitor anônimo alertou para o novo feito do IPEA. A partir de agora o Instituto só divulgará a projeção do índice de inflação quando for conviniente. Alguém sabe o que é conviniência?

Segundo a reportagem, a ordem veio do Mangabeira Unger. A informação foi passada para a imprensa a partir do Miguel Bruno (cliquem aqui). Quem é esse cara? Ele assumiu o Grupo de Conjuntura Econômica (GAC) no lugar do Fábio Giambiagi, no famoso episódio coordenado pelo "Professor" Sicsú (vejam aqui).

(Saibam quem é o Bruno clicando aqui.)

Esse Miguel Bruno costuma postar em um blog chamado "desemprego zero", resumindo uma das maiores bobagens que já vi na internet.

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Cotas para Negros?

O Adolfo, mais uma vez, lança luz na blogosfera. Leiam, pois é imperdível (cliquem aqui)

The Smashing Pumpkins


O álbum da semana é "Mellon Collie and the Infinite Sadness" do The Smashing Pumpkins, uma porrada.

São dois CD's (ou 3 LP's), equilibrando músicas melódicas e algumas bem pesadas. Fiquem com a minha preferida, X.Y.U.:

Premiação da ANPEC NE

Fiquei sabendo agora a pouco que o trabalho

MIGRAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE CAPITAL HUMANO NO BRASIL: MOBILIDADE INTERGERACIONAL EDUCACIONAL E INTRAGERACIONAL DE RENDA

está concorrendo ao prêmio do Banco do Nordeste. Vamos ver se dá pra levar a taça. Nós respeitamos muito os adversários, mas o grupo está unido em busca do objetivo...

terça-feira, 24 de junho de 2008

Morte de Ruth Cardoso

Fiquei surpreso com a sua morte, embora ela estivesse doente. O blog emite uma nota de pesar em nome da Ex-primeira-dama Ruth Cardoso.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

O Jumento é nosso irmão.


É mais emocionante do que a F1, garanto! Trata-se da corrida de Jegue, a popular Jecana. Os referidos animais (os que montam e os que são montados) saem desembestados rumo a reta de chegada. O problema é quando surge uma Jega, aí o macho se "prepara" e quando ele se "prepara" não há como esconder.

Este ano a Jecana de Campina Grande alerta para a matança do Jegue. Estão fazendo carne do sol do bichinho. Carne de Sol é bom pra caramba, mas eles poderiam usar outros animais menos úteis como o mico-leão dourado, a baleia jubarte, ou a onça pintada. Quero continuar comendo carne de sol, mas não a feita com nosso irmãozinho jumento.

Lembro-me da corrida em Conceição-PB em 1963, o Jegue corisco, reconhecido em toda região e montado pelo "jéquei" Zé de Toin de Bêta, ganhou a corrida de ponta a ponta. Ele largou na pole, fez um reabastecimento de farinha com rapadura e ganhou com mais de dois minutos de vantagem. Uma eternidade.

Na boa, Zé de Toin de Bêta é mais carismático e inteligente do que o Felipe Massa. O sósia de Zacarias é um babaca.

sexta-feira, 20 de junho de 2008

SBE em Salvador


A cidade é pra matar, mas o encontro é bom.

Resultado da ANPEC NE

Tive três trabalhos aceitos na ANPEC NE, foram:

THE DYNAMICS OF THE BRAZILIAN INCOME, com Flávio Ziegelmann (UFRGS)

DESIGUALDADE DE RENDA E CRESCIMENTO ECONÔMICO PARA O NORDESTE DO BRASIL: EVIDÊNCIAS A PARTIR DE MODELOS SEMI-PARAMÉTRICOS, com Paulo Jacinto (UFAL) e César Tejada (UFAL)

MIGRAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE CAPITAL HUMANO NO BRASIL: MOBILIDADE INTERGERACIONAL EDUCACIONAL E INTRAGERACIONAL DE RENDA, com José Netto Junior (UFRGS) e Sabino Pôrto Junior (UFRGS)

De quebra, o CAEN/UFC me convidou para ministrar uma palestra no doutorado durante o período do encontro. Falta apenas fechar os detalhes.

Motorista de táxi

No livro "Conversas com economistas", organizado por Arjo Klamer, o Robert Lucas Jr é questionado:

[...] Eu gostaria de saber o que você acha disso. O motorista de meu táxi está por aí dirigindo, muito embora ele seja contador, pois não consegue encontrar emprego como contador. Obviamente, ele fica frustado. Parece que há muitas pessoas nesse tipo de situação.

Lucas responde:

Eu diria que ele é um motorista de táxi [rindo], se o que ele faz é dirigir um táxi.

Cadeias lotadas

Vocês acham que vai faltar vagas nas cadeias?

Operação contra fraude no PAC vasculha até a Câmara

quinta-feira, 19 de junho de 2008

Família de Celso Furtado pede indenização à Anistia

Reproduzo a matéria do Jornal O Globo:

A Comissão de Anistia analisa processo para que o economista Celso Furtado seja declarado anistiado post-mortem, e seus familiares tenham direito a indenização. O caso de Furtado entrou na pauta de votação na semana passada, mas o julgamento foi suspenso porque a comissão decidiu fazer uma consulta ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). No pedido, os familiares pedem que o valor da prestação mensal seja equivalente ao salário atual de um diretor do banco. Foi encaminhado um pedido ao BNDES para fornecer essa informação.


Essa é mais uma da série para onde vai o nosso dinheiro. Como vêem Celso Furtado não morreu completamente. Um punhado de economistas de quermesse continua adotando seus textos e toda a sociedade sustentará sua família.

Já falei aqui sobre um trecho de seu livro, onde ele mostra toda sua ética. Relembrem:

Segundo Celso, seu esforço desenvolvimentista foi atrapalhado por vários adversários, entre eles Argemiro de Figueiredo, então Senador paraibano. Segundo ele, Kubitschek, que sempre o apoiou, deu acesso aos arquivos da polícia federal, logo: "pude então conhecer as sandices que os serviços secretos arquivavam sobre alguém". Notem, esse lance de dossiê é bem comum. Me surpreende como um intelectual fala com tanta naturalidade sobre isso. Para essa gente, os fins, realmente, justificam os meios. Uma mensagem linda para a sociedade.


O post completo se encontra aqui.

É interessante como ele desperta paixões, em outro post falei sobre ele e um leitor anônimo disse:

Chamar Celso Furtado de "baboseira" é, no mínimo, desrespeitoso.
A crítica a quem usa mal a teoria heterodoxa (ou, até mesmo, ortodoxa) não deve ser feita usando-se de um argumento contra a teoria em si. Ainda mais, um argumento tão mal-acabado...


Será que essas viúvas anônimas receberão parte do salário de Furtado?

terça-feira, 17 de junho de 2008

Economia política

Duas alunas me perguntaram como seria um curso de economia política, dado que na maioria do país estuda-se, exclusivamente, Karl Marx. Eu falei, sem muita propriedade, que o curso seria mais do que isso. Deveríamos ler R Coase, teoria dos jogos, entre outras coisas.

Pois bem, segue um pequeno exemplo do conteúdo que um aluno de economia política deve conhecer.(Cliquem aqui.)

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Seleção ANPEC NE

Hoje conclui a seleção dos papers para a mesa de Mercado de Trabalho da ANPEC/BNB Nordeste. Foram seis os selecionados. O legal é que eu e o Márcio Veras, do CAEN UFC, não divergimos.

Vamos para Fortaleza então...

Black is Black

Certa vez uma leitora escreveu que é impossível escutar Black is Black e ficar parado. Concordo contigo Daniella. Direto do túnel do tempo, para iniciar bem a semana.

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Prêmio BNDES

As dissertações premiadas pelo BNDES foram:

1º LUGAR – Samer Fathi Shousha – PUC/RJ
TEMA DA DISSERTAÇÃO: “Estrutura a Termo da Taxa de Juros e Dinâmica Macroeconômica no Brasil”
Orientador: Ilan Goldfajn

2º LUGAR – Victor Maia Senna Delgado - UFMG
TEMA DA DISSERTAÇÃO: “Eficiência das Escolas Públicas Estaduais de Minas Gerais: Considerações Acerca da Qualidade a partir da Análise dos Dados do SICA e do SIMAVE”
Orientador: Ana Flávia Machado

3º LUGAR – Gustavo Andrey de Almeida Lopes Fernandes - USP
TEMA DA DISSERTAÇÃO: “O Sistema de Matrícula Escolar de SP: Uma Abordagem à Luz da Teoria dos Jogos”
Orientador: Marilda de Oliveira Sotomayor

4º LUGAR – Dimitri Joe de Alencar Szerman - UFRJ
TEMA DA DISSERTAÇÃO: “Mobilidade Intergeracional de Renda e Desigualdade de Oportunidades no Brasil”
Orientador: Valéria Lúcia Pero

5º LUGAR - Kellen Fraga da Silva - UFRGS
TEMA DA DISSERTAÇÃO: Metas de Inflação para Economias Emergentes: Uma Avaliação Empírica dos seus Efeitos sobre o Desempenho Macroeconômico”
Orientador: Fernando Ferrari Filho

Detalhes aqui.

PAC da Saúde no RN

Qual a diferença entre os governos ligados aos partidos de esquerddaa e todos os demais? Respondo: NENHUMA. Aqui no Rio Grande do Norte a governadora Vilma de Farias é ligada ao governo Lula e se orgulha disso. Noto que eles têm muito em comum, vocês sabem o quê? Respondo novamente: parentes envolvidos em escândalos com dinheiro público (cliquem aqui). Lula tem o Vavá, o ingênuo, sua filha gastando milhares com segurança, um cumpadre, um amigo, o papagaio, entre outros. Todos eles mamando nas tetas do estado.

Aqui, o filho da governadora foi preso acusado, até agora, de tráfico de influência. Interessante como a influência sempre está com a pessoa errada no Brasil. O que o bom moço influenciou? De acordo com a Polícia Federal esta influência foi utilizada na fraude de licitações em projetos ligados a secretaria estadual de saúde. Olha o PAC da saúde aí gente!

Pois bem, que aprovem a nova CPMF, assim teremos mais dinheiro para corrupção. Viva a revolução social dos últimos tempos.

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Os PARASITAS do Nordeste que vivem em Brasília

Fiz um breve balanço da votação da nova CPMF na câmara. Estou cada vez mais convencido que nunca na história desse país a ploítica foi tão asquerosa. Concordo com o pensamento de que deve-se pagar para os políticos não fazerem NADA. Quando eles fazem algo, esse algo é uma merda.

A nova CPMF só interessa aos parasitas do Estado. Neste sentido, minha região, a Nordeste, é campeã. Duvidam? Pois bem, meu estado, a Paraíba, não destinou um só voto contrário ao imposto. Isso mesmo, TODA a bancada votou a favor. Mamadeira estatal, transposição do São Francisco e sustentação dos incompetentes. Vejam a lista que fiz de forma rápida:

Votos contrários ao imposto

PI 1
MA 4
CE 3
RN 2
PB 0
PE 9
AL 0
SE 3
BA 11

Ou seja, dos 189 votos contra o NE contribuiu com 33 (17%). O número assombroso é que apenas 22% da bancada nordestina votou contra o imposto. O Estado é muito bonzinho conosco, não acham?

Na Argentina as pessoas vão para as ruas protestar, nós brasileiros ficamos indignados em nosso canto. A única coisa que me resta e criar esse post mal elaborado e cheio de raiva.

Ah, querem ver a lista completa dos PARASITAS que votaram a favor do imposto? Cliquem aqui.

terça-feira, 10 de junho de 2008

Para relaxar

O MST e a Via Campesina estão de volta com todo gás. Sabe o que é legal disso tudo? Nós financiamos esses abusos. O Governo continua a canalizar dinheiro de nossos impostos para esses bandidos. A propósito, estão votando a nova CPMF agora? Se não for hoje será amanhã.

O Ronald Coase alertou, continuamos a não garantir o direito da propriedade privada de teimosos que somos. No meio disso tudo a mãe bandida do PAC é acusada de favorecimento em uma privatização.

Depois de um dia cansativo, nada como ler as notícias para relaxar um pouco. E nem vou falar das bobagens ditas pelo Presidente Molusco hoje. Ele falou que as pessoas que acusam a mãe chocadeira do PAC não têm ética? Essa eu não entendi???

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Buk - Para iniciar a semana

Inicio a semana com as belas palavras de Charles Bukowski:

você pode não acreditar nisto
mas há as pessoas
que passam pela vida com
muito pouca
fricção de angústia.

eles se vestem bem, dormem bem.
eles estão contentes com
a família deles.
com a vida.

eles são imperturbáveis
e freqüentemente se sentem
muito bem.
e quando eles morrem
é uma morte fácil, normalmente durante o
sono.

você pode não acreditar nisto
mas tais pessoas existem.
mas eu não sou nenhum deles.

oh não, eu não sou nenhum deles,
eu não estou nem mesmo próximo
para ser um deles.

mas eles
estão lá ...

e eu estou aqui.

domingo, 8 de junho de 2008

Marketing turístico

Marketing é tudo! Em uma época em que o Governo da Paraíba tenta colocar o estado na rota turística, nada como ressaltar as belezas da terra.

Uma das maiores homenagens a capital paraibana foi feita pela banda de rock Raimundos. Puteiro em João Pessoa embalou minha adolencência, assim como as demais músicas dessa banda brasiliense com os pés na PB. Eles ainda destaram o São Pedro de Itaporanga na música "Cintura fina". A cagada é que o Rodolfo virou crente, esqueçamos.

Fiquem com a poética Puteiro em João Pessoa, detalhe o "Motel Roda Viva" ainda existe. Mas está todo incrementado, cheio de neon e tal...

sábado, 7 de junho de 2008

Disco do findi



O disco do final de semana é Led Zeppelin IV. Clássico absoluto, este album de 1971 não possui um nome oficial. Contudo, todos o denominam de IV. A capa é belíssima, mais ainda no velho e bom bolachão de vinil.

As músicas são:

Lado A

1. "Black Dog" (Jimmy Page, Robert Plant, John Paul Jones) – 4:57
2. "Rock and Roll" (Page, Plant, Jones, John Bonham) – 3:40
3. "The Battle of Evermore" (Page, Plant) – 5:52
4. "Stairway to Heaven" (Page, Plant) – 8:00

Lado B

1. "Misty Mountain Hop" (Page, Plant, Jones) – 4:38
2. "Four Sticks" (Page, Plant) – 4:46
3. "Going to California" (Page, Plant) – 3:31
4. "When the Levee Breaks" (Page, Plant, Jones, Bonham, Memphis Minnie) – 7:07

A minha preferida? Black Dog.

sexta-feira, 6 de junho de 2008

Clint diz não às cotas

Era só o que faltava, cotas raciais no cinema. Tudo bem, sei que no Brasil há cotas de tudo quanto é tipo, inclusive relativas à exibição de filmes nacionais nos cinemas, mas a coisa está crescendo. Digo isso porque o Spike Lee criticou o Clint Eastwood por ele não incluir atores negros nos seus dois filmes de guerra, "A conquista da honra" e " Cartas de Iwo Jima". Vejam o que o Spike falou:

Clint Eastwood fez filmes sobre Iwo Jima que duram mais de quatro horas e que não mostram nenhum ator negro. Se vocês, repórteres, tivessem colhões, perguntariam a ele o por que disso


Contudo, o Clint respondeu à altura:

O que querem que eu faça? Coloque um anúncio publicitário em prol da igualdade de oportunidades? Não faço jogo, faço leitura histórica dos fatos. Quando faço um filme em que 90 por cento dos personagens são negros, como "Birdie", sobre o grande músico de jazz Charlie Parker, utilizo 90 por cento de atores negros.


bela lição, Clint.

Fonte: O Globo.

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Queen of the Stone Age

Queen of the Stone Age para fechar a noite (faltou o David Grohl)

SINAPE

Tive um trabalho aceito para apresentação oral no 18 simpósio nacional de probabilidade e estatística (SINAPE).

Mobilidade Intrageracional de Renda no Brasil


O encontro ocorrerá em São Pedro - SP.

Evolução

Criei um grupo de pesquisa em economia aplicada aqui na UFRN. No começo eu me desdobrava para apresentar algo todas as semanas. Ou seja, eram os seminários de Erik (muito chato, por sinal). Aos poucos os alunos, principalmente de graduação, começaram a se aproximar. Hoje, já contamos com um bom número de participantes nos seminários, inclusive apresentado os resultados de suas pesquisas.

Hoje a seminário foi um dos mais concorridos. Um ex aluno meu, Alisson Rocha, apresentou um estudo tratando dos efeitos da taxa de juros e do câmbio sobre a inflação no pós Plano Real. O bacana é que, além de sua desenvoltura, houve um debate entre os alunos questionando os resultados, propondo coisas novas, tirando dúvidas. Sinto que estamos no caminho certo.

Pelo fim do pum (das vacas)


No dia internacional de alguma coisa relacionada ao meio ambiente, este blog aderirá aos apelos dos ECOCHATOS. Lanço a campanha do "abaixo o pum das vacas". Isso mesmo, o pum das vacas reduz a camada de ozônio e, a partir daí, tá todo mundo ferrado.

Talvez devessemos tampar o orifício das ditas cujas com uma rolha ecologicamente correta. Uma coisa é certa, algo precisa ser feito.

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Amém


Opa, essa igreja deve ser legal! Um lugar onde o Santo padroeiro é o John Coltrane não é de todo mau. (Leia a reportagem completa aqui.)

Sendo assim, vamos começar a manhã com a oração que o John nos ensinou:

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Boas parcerias

Boas parcerias são vitais na vida acadêmica e nesse item não tenho do que reclamar. Recentemente o meu amigo Paulo Jacinto me convidou para participar de uma pesquisa, onde já participava o Cérsar Tejada. Colocamos o projeto em prática e dele surgiu o seguinte estudo:

"Desigualdade de renda e crescimento econômico para o nordeste do Brasil: evidências a partir de modelos semi-paramétricos"

Este trabalho foi aceito em vários congressos. Na aceitação mais recente, a da ANPEC-SUL, foi classificado como o melhor paper da área de métodos quantitativos. Neste meio tempo ele foi selecionado por uma revista.