segunda-feira, 23 de junho de 2008

O Jumento é nosso irmão.


É mais emocionante do que a F1, garanto! Trata-se da corrida de Jegue, a popular Jecana. Os referidos animais (os que montam e os que são montados) saem desembestados rumo a reta de chegada. O problema é quando surge uma Jega, aí o macho se "prepara" e quando ele se "prepara" não há como esconder.

Este ano a Jecana de Campina Grande alerta para a matança do Jegue. Estão fazendo carne do sol do bichinho. Carne de Sol é bom pra caramba, mas eles poderiam usar outros animais menos úteis como o mico-leão dourado, a baleia jubarte, ou a onça pintada. Quero continuar comendo carne de sol, mas não a feita com nosso irmãozinho jumento.

Lembro-me da corrida em Conceição-PB em 1963, o Jegue corisco, reconhecido em toda região e montado pelo "jéquei" Zé de Toin de Bêta, ganhou a corrida de ponta a ponta. Ele largou na pole, fez um reabastecimento de farinha com rapadura e ganhou com mais de dois minutos de vantagem. Uma eternidade.

Na boa, Zé de Toin de Bêta é mais carismático e inteligente do que o Felipe Massa. O sósia de Zacarias é um babaca.

Nenhum comentário: