quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Mais um

Recebi um belo parecer agora. Cheio de questões técnicas relevantes. As sugestões foram válidas, porém, nada que altere significativamente o artigo. Dessa forma, o editor optou por aceitá-lo. Nas palavras do parecerista:

[...] o artigo representa uma contribuição
importante para o entendimento do debate sobre os efeitos de bem-estar da
mobilidade da renda e sua aplicação para o Brasil.



Trata-se do artigo "O impacto da mobilidade de renda sobre o bem-estar econômico no Brasil", desenvolvido por mim na metade do ano passado.

Mais um paper na Revista de Economia Aplicada da USP. Assim como fez o Laurini recentemente, bebida por minha conta.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Mais um, em breve

Um parecer de uma revista pode gerar sentimentos diversos. Às vezes o paper é rejeitado, mas, dada a contribuição do parecerista, você fica extremamente agradecido e estimulado. Outras vezes a análise é favorável, mas, dada a pobreza dos comentários, o autor fica com uma pulga atrás da orelha. Contudo, o pior deles é quando o parecerista resolve descontar sua raiva nos autores. Neste caso, não basta solicitar grandes mudanças, o melhor é se agarrar nos pequenos detalhes e classificá-los como um grande problema.

Ainda bem que temos alguns bons editores que, ao perceber isso, interferem no processo. Graças a isso, terei, muito em breve, uma nova aceitação plena.

P.S.: Ler coisas do tipo "provavelmente isso já feito", "acho que a literatura é ampla ...", "talvez isso não seja necessário", é meio duro. Onde está o conhecimento do avaliador?

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Encontro

Reencontrei meus amigos ontem. Muita conversa fiada, projetos para o futuro, boas risadas... Desde Porto Alegre que os quatro amigos do doutorado não se reuniam. Um abraço público para os camaradas Renato, José Luis e Edilean.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Perguntas

Começa a ser rodado o filme sobre o presidente Molusco. AQUI.

O filme falará de Vavá, o irmão lobista e ingênuo? De Lurian a filha que gastou alguns trocados no cartão corporativo? Do filho ligado a Telemar? O Barreto receberá dinheiro publico para rodar essa maralvilha da sétima arte?

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

O artista

É muito interessante ver a opinião dos defensores do povo. Aqueles que escutam a população e só querem o seu bem. Cito um exemplo. Em uma comunidade do Orkut um artista paraibano, daqueles que vivem de incentivos governamentais (a grande maioria), cita, referindo-se a um projeto cultural para João Pessoa- PB:

[...] Há que se repensar cultura fora dos padrões comerciais e da diversão alienada! (só porque a população quer...). A população tem que saber que a orientação cultural e política agora é outra e que muita coisa deve mudar!


Mais à frente ele continua:

a existencia da "Estação Ciência" deve estar fundamentada num contexto político mais amplo, mais abragente, mais popular e politicamente correto e não apenas porque o projeto é de Oscar Niemeyer. Tenho medo de que em poucos anos ela não se torne um mero elefante branco como é o espaço cultural, criado de cima para baixo.


Agora eu pergunto: quem define o que é alienado ou não? É o nosso "artista" em questão?

A população paga seus impostos, portanto ELA define o que quer. Como é que uma pessoa dessas pode falar sobre projetos que vêem de "cima para baixo"?

É mais uma amostra da democracia dos socialistas (comunistas e outros istas).

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Os mandamentos


O oitavo mandamento ensina aos cristãos: "Não levantar falsos testemunhos (nem de qualquer outro modo faltar à verdade ou difamar o próximo)". Acredito que a mentira está incluída no pacote.

Mesmo sendo um homem conhecedor dos mandamentos do Senhor, o bispo Geraldo Tenuta, presidente da Igreja Renascer em Cristo, declarou no dia 18 (domingo):

A sede da igreja não passou por nenhuma reforma nos últimos três anos.


Porém, no dia seguinte a própria Igreja declarou:

A assessoria de imprensa da Igreja Renascer em Cristo divulgou uma nota na noite desta segunda-feira (19) em que confirma que uma empresa foi contratada no ano passado para fazer a troca de telhas na sede que fica na Avenida Lins de Vasconcelos, no Cambuci, na Zona Sul de São Paulo.


Link AQUI.

Mas esse não é o único deslize do Bispo. Em 2002 o Ministério Público o acusou por formação de quadrilha, sonegação e falsidade ideológica (Link AQUI.) No mais, ele já usou carro oficial para participar de um evento partidário, o Encontro de Prefeitos do PFL. Também foi acusado de usar o financiamento de estatais (Sabesp, Dersa, CDHU, Prodesp e Metrô) para publicidade (Link AQUI.)

Logo, o bispo pode ser enquadrado nos mandamentos sétimo [Não furtar (nem injustamente reter ou danificar os bens do próximo)] e décimo [Não cobiçar as coisas alheias]. Seria interessante incluir mais uns nas tábuas de Moiseis, tais como: não formar quadrilha; não desviar dinheiro público ...

Como vocês podem ver, é muito gente boa esse cidadão.

Novas compras




Acabo de adquirir três livros. 1 - Real Analysis with Economic Applications, Efe A. Ok; 2 - Counterfactuals and Causal Inference: Methods and Principles for Social Research (Analytical Methods for Social Research), Stephen L. Morgan & Christopher Winship e; We, Yevgeny Zamyatin. O livro do Efe Ok me ajudará a compreender melhor o uso de análise real em economia. Ok é um autor reconhecido na área de mobilidade de renda, tendo vários trabalhos em parceria com o Gary Fields. Já o livro do Morgan & Winship faz parte da montagem de um bom curso de microeconometria para o mestrado e doutorado (meu sonho de "consumo"). Por fim, um pouco de boa literatura com o Zamyatin. Recomendação do Laurini.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Recomendo

Mais um blog que entra na minha lista de favoritos. Recomendo a leitura do blog do Orlando Tambosi (AQUI.)

Desequilíbrio

Alguns membros da Igreja Renascer em Cristo se dão muito bem (AQUI.) Outros nem tanto (AQUI.) Enquanto isso, a bispa Sônia Hernandes e seu marido, Estevam Hernandes, continuam nos EUA usando suas coleirinhas nos pés. Coisas da vida.

domingo, 18 de janeiro de 2009

Famíla da Silva

A política é o caminho certo para todos os tipos de free riders, rent seekers e ... [deixa pra lá]. Depois de ver sua filha assumir um cargo político na prefeitura de Florianópolis [Vocês lembram do que a Lurian fez com o cartão corporativo? AQUI.], o presidente molusco assiste, orgulhosamente, a posse de seu filho mais novo em São Bernardo do Campo [Leiam AQUI.]. O outro filho, aquele da Telemar, não precisa de cargos em prefeituras, não é mesmo? É a família DA SILVA se dando muito bem!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Pesquisa acadêmica: qualidade e quantidade

Mais uma investigação relacionada a pesquisa na área de economia. (Paper AQUI.)

A Pesquisa em Economia no Brasil: Uma
Avaliação Empírica dos Conflitos entre
Quantidade e Qualidade


Walter Novaes - Departamento de Economia, Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio).

Como em várias outras atividades, a pesquisa em Economia
internaliza um conflito entre qualidade e quantidade. Para
avaliar tal conflito, este artigo documenta as publicações de
94 pesquisadores do CNPq e 1.209 pesquisadores de 54 centros
americanos de referência em Economia (44 ortodoxos e 10
heterodoxos). Os dados mostram que, entre 1999 e 2004,
a média de publicações internacionais dos pesquisadores do
CNPq é extremamente pequena, quando comparada com a dos
americanos com mesma orientação metodológica. Ainda assim, o
número médio total das publicações dos pesquisadores no Brasil é
estatisticamente maior, sugerindo um sacrifício de qualidade para
aumentar o número de publicações.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

A maldição da Copa de 1950


Morreu hoje Albino Friaça, atacante da seleção brasileira de futebol em 1950 (Cliquem AQUI.) Assim como todos os atletas daquele time, Friaça foi amaldiçoado pelos torcedores (Barbosa que o diga).

Mas o pior, não foi só a torcida que os amaldiçoou. Vejam o site da CBF, até agora (15:22 hs), nenhuma nota a respeito.

Retomando

Estou oficialmente em férias. Contudo, retomei hoje as atividades de pesquisa. O objetivo número um é dar andamento nos trabalhos inacabados. Hoje fechei uma versão do paper sobre sensibilidade das medidas de concentração e pobreza em relação ao tamanho e composição dos domicílios.

O próximo será o estudo sobre desigualdade salarial intra e entre grupos. Pretendo terminar isso nas próximas semanas e passar a bola para os co-autores.

domingo, 11 de janeiro de 2009

Para fechar o dia

“Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa.”

Guimarães Rosa

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Software R

O New York Times publicou uma bela matéria sobre o software R.

To some people R is just the 18th letter of the alphabet. To others, it’s the rating on racy movies, a measure of an attic’s insulation or what pirates in movies say.


Matéria completa AQUI.

Dica do Cleiton Roberto.

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Mega-Sena

O Cristiano me convenceu. Me tornarei um apostador semanal da Mega-sena. Os números do meu passaporte para a fortuna serão "sugeridos" pelo software R. Vou pedir que ele me "indique" uma sequência de seis números entre 1 e 60. Querem tentar? Usem este comando:

sample(1:60,6)

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

As 10 Regras de Ouro da Harmonização

Dicas de harmonização de vinhos, enviadas pelo professor Renato Nozaki Sugahara:

1) Pratos salgados necessitam vinhos com elevada acidez natural.

2) Pratos de peixes carnudos combinam com tintos ligeiros.

3) Pratos gordurosos necessitam acidez ou taninos.

4) Pratos defumados brigam com vinhos “amadeirados”.

5) Aromas e sabores ricos e densos pedem vinhos similares.

6) Pratos muito temperados pedem vinhos refrescantes.

7) Carnes brancas aceitam brancos encorpados ou tintos leves.

8) Carnes vermelhas seguram tintos muito tânicos.

9) Combine sempre vinhos com os molhos, não o que está debaixo dos molhos.

10) Sobremesas com vinhos equivalentes em corpo e mais doces.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Novas compras




Dois bons livros para começar o ano.

Nonparametric Econometrics: Theory and Practice
Qi Li & Jeffrey Scott Racine


Applied Microeconometrics Using Stata
A. Colin Cameron & Pravin K. Trivedi

De Volta

Retornei! Os dias no litoral Norte foram maravilhosos. A virada do ano se deu dentro de um chalé ao som de Renato Teixeira e regado a um bom espumante chileno. Durante o dia? Sol, mar, rio, caiaque, quadriciculo, dunas, camarão, peixe ...