sexta-feira, 13 de março de 2009

Comentários

Gostaria de deixar minha opinião sobre alguns livros comprados recentemente.

O Equality of Opportunity, do John E. Roemer é uma referência básica para quem se interessa pela desigualdade de oportunidades. Um livro curto, sem demonstrações, mas todo formalizado. Os filósofos e sociólogos brasileiros diriam: é um livro de matemática pura.

O Mostly Harmless Econometrics: an empiricist's companion, do Joshua Angrist e Jörn-Steffen Pischke, me agradou muito. Destaco os capítulos dedicados aos estimadores de Variáveis Instrumentais e de Regressões Quantílicas. O livro atua mais na intuição do que na demonstração. Aliás, o Joshua Angrist é um dos maiores pesquisadores na área de economia do trabalho no mundo (vejam suas contribuições AQUI). Engraçado, aqui no Brasil estudar economia do trabalho é conhecer as relações de trabalhos contidas em Karl Marx e os princípios da demanda efetiva. Vide a ABET (AQUI.)

Já o Counterfactuals and causal inference, do S. Morgan e C. Winship, me desagradou. É muita conversa. Acho que um pouco de formalização faria bem ao texto. Por fim, o livro do Cameron e Trivedi, Microeconometrics using Stata. As edições se esgotaram no lançamento. Formaram-se filas para comprar um exemplar (eu estava em uma delas), mas o livro é bem inferior ao barulho que foi feito em torno dele. Para quem tem o software e seus manuais, não há necessidade de tê-lo na estante. Falar de painéis lineares, IV, Regressões quantílicas... Nada sobre modelos Heckman type...Uma decepção.

Nenhum comentário: