segunda-feira, 6 de abril de 2009

Viva o povo brasileiro

Uma das minhas interações sociais se dá no supermercado. Faço pequenas compras quase que diariamente. Os caixas me conhecem pelo nome e eu gosto dos serviços de lá. À noite eles têm o jantar (arroz, carnes, entre outros) ou a sopa, ambos no peso. A sopa tem um preço menor. Hoje, pegando minha sopinha, percebi que um cidadão escondia boas fatias de carne e linguiça embaixo da sopa. Uma estratégia desonesta para pagar menos.

A primeira coisa que me chocou foi que ele não era branco com olhos azuis (essa raça que espalhou a crise pelo mundo). Ele era um brasileiro padrão, daqueles que não desistem nunca e que passam a perna em alguém quando podem. Talvez ele conte essa façanha no churrasco do final de semana. Seus amigos ficarão orgulhosos disso. Ora, o dono do supermercado é rico, que mal tem em roubá-lo.

Pois é, somos um povo forte, com muita melanina na pele e com olhos escuros. Não espalhamos a crise no mundo. Mas passamos a perna nos outros. Viva o povo brasileiro!

Um comentário:

Anônimo disse...

rpz,

caba di peia tem em todo lugar (vide lá o americano q deu um 'balão' de 50bilhões nos cotistas dele)...a diferença é que tem país que pune e outros que não.

vlwz

Alisson Rocha