quarta-feira, 12 de agosto de 2009

A sorte no Brasil

A nova propaganda da loterias da Caixa afirma: para a sorte todo mundo é igual!

Só se for agora, pois no passado o falecido deputado baiano João Alves, depois de ganhar 56 prêmios na antiga Sena, afirmou:

Deus me ajudou e eu ganhei dinheiro

Como se vê, para a "sorte" tupiniquim nem todo mundo é igual.

Um comentário:

cristiano disse...

Como fiel dos volantes, estou chateado com o governo ao aumentar os volantes em $0,25.

Mundando de assunto:

"esquentar" grana nos volantes que não os de MegaSena é muito fácil.