segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Equilíbrio de Nash no ENADE

Não se trata de uma questão de microeconomia. Falo de algo mais complexo. A UFPB decidiu realizar um curso preparatório para o ENADE. Sou contra, pois isso é um atestado de que nossos cursos regulares são ruins. Argumentei isso informalmente, dado que sou mudo nas reuniões de departamento. Um professor me falou: concordo, mas a maioria das universidades fazem um cursinho, se nós não fizermos...

Ou seja, temos um equilíbrio de Nash. O melhor seria não ter o cursinho (não confessar), mas todas fazem (confessam). Sendo assim, lanço a campanha: não aos cursinhos do ENADE.

Hoje saí de casa para dar uma aula de econometria. Seriam três horas de pura e estimulante teoria econométrica. A fronteira do conhecimento com o prof. Erik. Neurônios trabalhando ao extremo. Coisa fina...

Resultado: só uma aluna apareceu.

Resolvi algumas questões e dei a dica fundamental: na parte de conhecimentos gerais, pense o seguinte: o que um integrante do MST responderia em meu lugar? Esta será a resposta correta.

Um comentário:

Anônimo disse...

Uma pessoa?!Pelo visto o pessoal da UFRN gosta mais de Econometria do que o povo da UFPB,hehe.

[]´s

Alisson Rocha