sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Atlético

O Atlético de Cajazeiras empatou ontem pelo paraibão 2010. Lanzinho e Paloma marcaram para o Atlético. 2 X 2 com o Treze de Campina Grande.
Foi um tropeço, mas nos recuperaremos no final de semana contra o Auto-Esporte.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Mais um

Acabo de receber mais um "revisar e submeter". Desta vez da Empirical Economics.
O texto é:

Dynamics of Regional Unemployment Rates in Brazil: a Fractionally Integrated
Approach with Markov Switching

Três pareceres apontando falhas, pedindo explicações de pontos obscuros e sugerindo modificações. Não sei se conseguirei atender a todos, mas me esforçarei.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Mais um, de novo

Acabo de receber mais um parecer favorável. Dessa vez na Análise Econômica (UFRGS). Trata-se de um artigo que escrevi junto com o meu grande amigo Jorge Mariano. Nós testamos os efeitos da composição familiar e da escala equivalente sobre os índices de desigualdade e pobreza.

Teremos algum trabalho na revisão, mas o parecerista foi cuidadoso e nos orientou bem sobre como proceder as alterações.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Mais um

Acabo de receber um parecer favorável da Revista Nova Economia.

O paper "Mobilidade Intrageracional de Renda no Brasil" consumiu muito esforço.

O parecerista solicitou pequenas alterações. Vou iniciá-las agora.

domingo, 24 de janeiro de 2010

Os sem vergon... Ops, sem terra

Um Real e uma foto 3X4. É disso que você precisa para se tornar um sem-terra. A vantagem disso? Proteção governamental descontos em universidades e algumas coisinhas mais. (AQUI)

E para isso que pagamos impostos. Fico feliz! :)

Detalhe, se você for negro o indígena a coisa se potencializa ...

Robinho, o mascarado

Alguns jogadores brasileiros são engraçados. Elano jogava na Rússia. Ficou quase uma temporada na reserva e pediu para sair. O motivo: ele, apesar de brilhante, estava no banco. A razão para isso? O técnico o perseguia. Foi para o Manchester City e, de novo, para o banco de reservas. Motivo? O técnico o perseguia. Ou seja, uma verdadeira conspiração internacional contra ele.

Ronaldo "Fenômeno" saiu pelas portas dos fundos em quase todos os clubes que jogou. Estava em baixa no Barcelona foi para o Inter de Milão. Se contundiu e, após uma longa recuperação, abandonou o clube que pagou seu salário durante todo o tratamento médico. Foi para o Real e passou a ser odiado no Barcelona. Saiu do Real, novamente pela porta dos fundos, e foi para o Milan, rival da Inter. Saiu em baixa do Milan. Veio para Brasil e, mesmo sem jogar no Flamengo, saiu pelas portas dos fundos do clube carioca. E o futuro reserva uma outra história.

Agora, o eterno futuro melhor jogador do mundo deixa o Manchester City. Forçou de novo a barra para sair. Assim como fez no Santos para ir para o Real, no Real para ir para o Chelsea (o que não aconteceu). Resultado de toda essa máscara? O Barcelona que, não sei a razão, queria contratá-lo, desistiu da idéia por conta de um motim formado por seus próprios jogadores. Eles disseram: "este amador aqui? Não!!!" AQUI

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Estréia

Confirmado: minha estréia nos gramados da "pelada do Altiplano" está marcada para domingo às 7:00 hs. Na verdade eu deveria ter jogado no domingo passado, mas devido a questões contratuais envolvendo a marca das chuteiras, só fui liberado hoje.

O time da Maxline entrará com força máxima. Tio Ricardo no ataque. Meus primos Ricardinho e Allan abertos pelas pontas. Felipe (coxinha) na marcação do meio-campo. E eu, claro, organizando as jogadas como um verdadeiro maestro. Para os poucos que não conhecem, minha filosofia é: "com certeza! Toca pra mim que eu resolvo".

Alerta: é bom adquirir logo os ingressos, pois, assim como no campeonato Carioca, eles não serão vendidos no dia da partida.

Pesquisadores parte II

Alguns pesquisadores fazem jus a este título. O James Hamiton, por exemplo, disponibiliza suas pesquisas, dados e procedimentos de estimação em seu site pessoal. Assim, todos que se interessam pelos temas podem, não só ler os seus trabalhos recentes, como também replicar os seus resultados. Na minha tese eu necessitei da ajuda do Peter Gottschalk e do Peter Steiner e ambos foram atenciosos.
Outro dia destaquei neste blog a gentileza do professor Jeff Racine. Em resumo, os bons exemplos se acumulam.

Porém, infelizmente existe o outro lado. Aqueles que não sabem lidar com quem se interessa por suas pesquisas. Os motivos para isso são diversos e nem vale a pena comentar.

Pois bem, conversei com um membro da CAPES ontem e ele me relatou um episódio. Ao solicitar um parecer a um pesquisador brasileiro, vinculado recentemente a uma universidade internacional, a resposta foi: não estou mais no Brasil, não posso mais fazer isso. Ou seja, o fato de ter saído do país apagou todo o seu passado acadêmico, inclusive o financiamento recebido da CAPES.

Na manhã de hoje me interessei por um working paper de um pesquisador brasileiro que ensina no exterior. Escrevi para ele solicitando a versão mais recente, já que não a encontrei na internet. Minutos depois alguém pesquisou meu nome no google e clicou no link do Facebook. Quando isso acontece, você recebe um email informando sobre a pesquisa e dizendo de onde ela foi originada. Curiosamente a pesquisa se deu no país onde esse professor reside.

Em resumo, ele pesquisou, não gostou do que viu e nem teve a preocupação de escrever um email dizendo: "não mandarei o working paper, ele é meu, só meu. Seus resultados são totalmente privados. E, a propósito, dê uma melhoradinha no seu curriculo e atualize seu perfil no facebook".

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Diferença

Que diferença da mulher o homem tem? Espera aí que vou dizer meu bem. É que o homem tem cabelo no queixo, tem o peito cabeludo e a mulher não tem ...


Parece brincadeira, mas é cientificamente comprovado: os cérebros dos homens e das mulheres são estatisticamente diferentes (dica do professor Paulo Amilton, expert no assunto):

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Centros ético-profissionais

No ano passado o Programa de Fomento à Pesquisa em Desenvolvimento Econômico (PDE), promovido pelo BNDES e a ANPEC, só recebeu propostas de professores ligados aos centros com Nota 5 na CAPES, ou vinculados a instituições com pesquisa "consolidada". Confesso, o conceito de "consolidada" era difícil de entender.

Por conta disso, neste ano eles deixaram as coisas mais claras. Agora, afora os centros nota 5, podem participar aqueles que:

"... possuam inquestionável reputação ético-profissional na área objeto da pesquisa".

A pergunta que segue é: e se no lugar de uma "reputação ético-profissional", o centro possuir responsabilidade social?

Mais uma evidência


Esta é a evidência número 3.456.798 para o pé-frio do presidente Molusco.

Não punição

O tenista brasileiro Marcos Daniel não será punido pela agressão a uma torcedora no Aberto da Austrália. De acordo com a comissão de arbitragem o Grand Slam proíbe:

qualquer contato físico não autorizado em árbitros, oponente, espectadores ou outra pessoa pelos competidores.


Sendo assim, dado que Daniel a jogou no chão, posso concluir que a agressão à espectadora só pode ter sido "autorizada". AQUI.

P.S.: Jobson, ex-jogador do Botafogo, foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com dois anos de afastamento, mesmo sendo reincidente (o que lhe renderia a exclusão do esporte). No seu depoimento, Jobson confessou ter usado crack e não cocaína. Acho que está aí a explicação, se tivesse sido cocaína... AQUI

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Nomes de filmes

Alguns títulos de filmes chamam atenção. Via de regra, a "tradução" para o português costuma descaracterizar a essência das películas. Considerando só os exemplos recentes, o filme "Precious: based on the novel PUSH by Sapphire", um drama pesado, cheio de questões raciais, incesto e ódio, estreou no Brasil com o título "Preciosa". Singelo, não? Já "Up in the Air", foi, de forma bisonha, denominado de "Amor nas alturas".

Neste contexto, imagino como será o título do "The Hurt Locker", um belo filme sobre a guerra no Iraque. Mas curiosidade, curiosidade mesmo eu tenho sobre a tradução de "The men who stare at goats".

CNPq

Acabo de enviar o relatório de prestação de contas do projeto do CNPq. Agora é iniciar o outro.

15 autores

O regime fiscal pode promover a igualdade de oportunidades?

Este texto tenta responder a este questionamento utilizando os dados das nações desenvolvidas:

To what extent do fisca regimes equalize opportunities
for income acquisition among citizens?


Detalhe, parece um paper da área de medicina. Quinze autores. Alguns são grandes pesquisadores da área.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Tarso

Certamente o Tarso Genro não pode andar em vôos comerciais. AQUI

domingo, 17 de janeiro de 2010

Bafômetro

O ministério de alguma coisa adverte: se beber, não faça comentários na CBN.
Lúcia Hipólito que o diga.

Haiti

Orlando Tambosi, como sempre, vai ao ponto. Em um post curto ele critica a imprensa, as ONG's e o excessivo destaque dado à morte de Zilda Arns. (AQUI).

Nos comentários um anônimo destacou:

"Disse o Irmão dela: 'foi uma morte linda'

O Deus para quem rezavam é tão bonzinho que resolveu jogar uma igreja nela, e em outras 150 pessoas que ali rezavam.

Foi a primeira vez que ouvi falar de alguem morto por uma 'Igrejada'."

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Grigori Perelman


Li, recentemente, o livro "A Solução de Poincaré - Em busca da forma do universo
Donal O´shea". Nele, a genialidade e a "loucura" do Grigori Perelman ficam, ainda mais, evidentes. Agora o NY Times destaca a Grigori Perelman’s Beautiful Mind (AQUI).

Depois de ler um livro sobre o Teorema de Fermat, entre outras, confesso que a conjectura de Poincaré constitui a "coisa" mais complicada de se traduzir em poucas palavras. Ainda não sei o que é, de fato.

P.S.: o link foi uma dica do Selva.

Os mortos no Haiti

O blog se sensibiliza com as mortes decorrentes do terremoto no Haiti. Entre as vitimas estão os militares brasileiros e a coordenadora internacional da Pastoral da Criança, Zilda Arns Neumann, de 75 anos (AQUI). Ela sim mereceria um Nobel da Paz. No mais, vale lembrar que as vitimas brasileiras são, em sua maioria, militares. Não temos Dilmas, Franklins, Vannuchis, Dirceus, Ignácios ... Acho que é por isso que o Governo brasileiro não está tão abalado ...

DVD


Acabo de receber a minha cópia em DVD do filme Into the Wild (Sean Penn, 2007).

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

A esquerda brasileira mata

O Reinaldo Azevedo lista os mortos pela esquerda brasileira no tempo da ditadura. faço questão de destacar os seus posts AQUI e AQUI.

Etapa 1

Terminei a revisão do paper do Journal of Development Studies. Acredito que consegui responder a todas as exigências dos pareceristas.
Agora é enviar para a tradução, ler e reler a versão final e submeter a revisão.

sábado, 9 de janeiro de 2010

Almoço

Boa comida, um trio de jazz e, ao fundo, uma tv passando o jogo do Arsenal X Everton.
Pode melhorar?

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Dinheiro público no dos outros é refresco II

O ministro das tapiocas, Orlando Silva, garante isenção da impostos para a FIFA. O Mauro Cezar Pereira apresenta as aberrações que envolvem a realização da Copa no Brasil. AQUI

Você paga imposto? Ficou horrorizado com os gastos com o cartão corporativo, inclusive para comprar tapiocas? Bobagem, o Orlando é capaz de muito mais.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Arnold

E não é que existe um "Arnold Lane" na terra da Rainha. AQUI

Escutem a música que inspirou o prefeito:


Um quase "Mais um"

Acabo de receber um parecer favorável do Journal of Development Studies. Contudo, algumas revisões foram solicitadas e, embora não sejam impossíveis, elas demandarão muito trabalho.

Na verdade um dos pareceristas solicitou a mudança na forma do artigo e um maior "diálogo" com alguns estudos anteriores. O segundo avaliador solicitou maiores alterações, porém, nada associado à contestação de resultados ou à inclusão de novas simulações. Acho que dá pra fazer.

Em suma, vou parar tudo e me dedicar a esta revisão.

Por via das dúvidas, e sabendo como funciona a dinâmica das revistas internacionais, prefiro não incluir esse resultado na série "Mais um".

De volta

Estou de volta ao trabalho. As festas de final de ano me afastaram um pouco das mnhas leituras. Digo "um pouco" porque consegui escrever a parte técnica de um artigo nos dias que antecederam o reveillon. Trata-se de mais uma análise sobre a desigualdade de oportunidades. Desta vez os resultados não necessitam de suposições tão fortes quanto as que postulei no meu primeiro artigo relacionado ao tema. Novidades em breve.