terça-feira, 12 de janeiro de 2010

A esquerda brasileira mata

O Reinaldo Azevedo lista os mortos pela esquerda brasileira no tempo da ditadura. faço questão de destacar os seus posts AQUI e AQUI.

2 comentários:

JOÃO MELO disse...

Erik,

Eu não gostaria de revisar este período 1964-1985 com pagamentos a esquerdistas e paredões aos nossos militares.

Agora no poder, final de governo, a esquerda deseja fazer via caneta o que não conseguiu via bala.

Abraçao,
João Melo, direto da selva. AINDA...
Num quase HAITI...

Ilia Nikolaïevitch disse...

Vou, aqui, usar a mesma linha do meu comentário no blog referido por você. Bem, vivíamos uma época de embate, o "Estado" tentava reprimir a sociedade e fazer o que era de seu entender. Naturalmente isto causaria uma reação, como em qualquer tipo de conflito. Alguns grupos levantaram a bandeira da libertação, esta bandeira era contrária aos militares da época. Logo, o natural foi tentar vencê-los para se contrapor à ameaça de ditadura. E como em qualquer embate, naturalmente há mortes. Sorte que ainda tivemos algum tipo de resistância, na época. Hoje o reacionarismo toma conta de toda a sociedade.