domingo, 24 de janeiro de 2010

Robinho, o mascarado

Alguns jogadores brasileiros são engraçados. Elano jogava na Rússia. Ficou quase uma temporada na reserva e pediu para sair. O motivo: ele, apesar de brilhante, estava no banco. A razão para isso? O técnico o perseguia. Foi para o Manchester City e, de novo, para o banco de reservas. Motivo? O técnico o perseguia. Ou seja, uma verdadeira conspiração internacional contra ele.

Ronaldo "Fenômeno" saiu pelas portas dos fundos em quase todos os clubes que jogou. Estava em baixa no Barcelona foi para o Inter de Milão. Se contundiu e, após uma longa recuperação, abandonou o clube que pagou seu salário durante todo o tratamento médico. Foi para o Real e passou a ser odiado no Barcelona. Saiu do Real, novamente pela porta dos fundos, e foi para o Milan, rival da Inter. Saiu em baixa do Milan. Veio para Brasil e, mesmo sem jogar no Flamengo, saiu pelas portas dos fundos do clube carioca. E o futuro reserva uma outra história.

Agora, o eterno futuro melhor jogador do mundo deixa o Manchester City. Forçou de novo a barra para sair. Assim como fez no Santos para ir para o Real, no Real para ir para o Chelsea (o que não aconteceu). Resultado de toda essa máscara? O Barcelona que, não sei a razão, queria contratá-lo, desistiu da idéia por conta de um motim formado por seus próprios jogadores. Eles disseram: "este amador aqui? Não!!!" AQUI

Nenhum comentário: