quinta-feira, 15 de março de 2012

O país dos prazos (desobedecidos)

Questionei o CNPq sobre o atraso na avaliação de processo.

Recebi a seguinte resposta:

Comunicamos que, ainda que o prazo informativo seja o rotineiro, normativamente, não há, para a Comissão XXX, um prazo estabelecido para deliberação (Cf. Link para um arquivo que confirma o que ele escreveu).

Ou seja, uma maneira diferente de dizer: "não cumprimos prazo, meu camarada. Passar bem."

Nenhum comentário: