quinta-feira, 26 de abril de 2012

Seminários de Economia Social II

O próximo seminário de Economia Social será: “Justiça, Ideologia e Políticas de Redistribuição de Renda no Brasil" APRESENTAÇÃO: Erik Alencar de Figueiredo Dia: 03.05.2012 (Quinta-feira) Horário: 17:00h Local: Sala de Aula 01 do Bloco da Pós Graduação do CCSA.

Nova PPE

O Volume 2(1) da revista Pesquisa e Planejamento Econômico já está disponível on line: Fatores associados ao fluxo escolar no ingresso e ao longo do ensino médio no Brasil , André Portela de Souza, Vladimir Pinheiro Ponczek, Bruno Teodoro Oliva, Priscilla Albuquerque Tavares Desigualdade de oportunidades no Brasil: uma decomposição quantílica contrafactual, Erik Alencar de Figueiredo, Cleiton Roberto da Fonseca Silva Competição vertical e horizontal no Brasil: uma análise empírica das interações fiscais nos mercados de cigarro e gasolina, Ricardo Batista Politi, Enlinson Mattos Impactos econômicos de cenários de políticas climáticas para o Brasil, Jonathan Gonçalves Silva, Angelo Costa Gurgel Modelos VaRs e a nova fórmula da exigência de capital da carteira trading: uma análise no mercado brasileiro, Cleysson Ribeiro Vieira, Osvaldo Candido Silva Filho

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Seminários de Economia Social

Prezados,

Estamos iniciando uma nova atividade de pesquisa no PPGE.
A ideia é que todos que possuam trabalhos em andamento exponham seus resultados em um seminário de discussão.
Não é um seminário comum, onde o palestrante fala e a platéia aplaude.
É o que se quer é criar um mecanismo para a maturação dos artigos.

Serão aceitos: trabalhos em andamento, exposição de métodos (matemáticos e/ou estatísticos) e papers prontos, mas não submetidos à publicação.
Os debates ocorrerão às quintas-feiras às 17:00 h.
Eles serão abertos os público com uma exigência: de que todos leiam o material.
Inicialmente, programamos dois seminários mensais, restritos a área de distribuição de renda, desigualdades regionais e avaliação de políticas públicas.

O primeiro seminário será:

Migração intermunicipal e restrição financeira: evidências para o Brasil
Autor: Hilton Martins de Brito Ramalho
Dia: 19/04 às 17:00 h.
Local: sala do PPGE.

Divulgando: Seleção de DOUTORANDOS para 2012

Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Agronegócio (Universidade Estadual do Oeste do Paraná).

Área de Concentração: Desenvolvimento Regional e do Agronegócio
Linhas de Pesquisa: Cadeias Produtivas; Sociedade e Desenvolvimento Regional; Economia Regional.

Inscrição para Turma de Doutorado de 2012: de 02 a 25 de maio de 2012.

Informações, vide edital de inscrição doutorado 2012 AQUI.

Coordenação: Prof. Dr. Pery Francisco Assis Shikida
Assistente do Programa: Clarice Theobald Stahl
Rua da Faculdade, 645 - Jd. Santa Maria
Toledo – PR. CEP: 85.903-000
E-mail: toledo.mestradoagronegocio@unioeste.br
mestradodra@hotmail.com
Telefone: (45) 3379 7053

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Mês de maio

Em maio retornarei a Porto Alegre.
Passarei uma semana em atividades junto a PUC e a UFRGS.

De 14 a 18 de maio ministrarei o mini-curso

Tópicos em Distribuição de renda

na PUC/RS. O curso será aberto para todos os alunos, inclusive de outras instituições.

No dia 16/05, às 16 h, participarei da série de seminários da UFRGS, apresentando uma palestra sobre:

Fairness and Redistribution: the Case of Latin American Countries

Em breve, mais detalhes.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Bernoulli Society

Fui convidado a participar de um novo grupo.
Estou avaliando a proposta.

Sabe como é, nesses aspectos sou meio parecido com o Groucho Marx:

I never want to belong to any club that would have someone like me for a member.

De toda forma, estou avaliando o perfil dos membros para ver se vale a pena.

Pessoal da Bernoulli Society, em breve dou a resposta.

EconAcademics.org

Blog aggregator for economics research

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Um post implicante

"A Prefeitura de Cambé (385 km de Curitiba) enviou ofício à UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) cobrando explicações sobre as provas aplicadas na semana passada em um concurso público para garis."

Uma das polêmicas é a inclusão de uma pergunta sobre a música do Michel Teló:

Imagem: Folha.com

Diante disso, resolvi fazer uma breve busca sobre questões de vestibular envolvendo "grandes" nomes da música (dita) popular brasileira. Não preciso nem falar que encontrei em grande número de questões de vestibular sobre as letras de Chico Buarque, Caetano Veloso, e, pasmem, Djavan.
Também não preciso falar que todas as questões envolvem algum juízo de valor acerca da ditadura militar: "Apesar de você ..." Resposta correta: a música retrata os momentos de dor sofridos por perseguição política no início da década de 1970, blá, blá, blá ...

A questão é: Se é Chico, tudo bem. Se é Teló, não?

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Metodologia em economia

O Angelo comentou muito bem o post do Krugman sobre metodologia (AQUI). Segue um trecho do post original (AQUI).

"So, first of all, my basic reaction to discussions about What Minsky Really Meant — and, similarly, to discussions about What Keynes Really Meant — is, I Don’t Care. I mean, intellectual history is a fine endeavor. But for working economists the reason to read old books is for insight, not authority; if something Keynes or Minsky said helps crystallize an idea in your mind — and there’s a lot of that in both mens’ writing — that’s really good, but if where you take the idea is very different from what the great man said somewhere else in his book, so what? This is economics, not Talmudic scholarship."

É inimaginável, nos dias de hoje, receber emails de colegas de profissão ressaltando o que Keynes, Marx, e o coelhinho da páscoa falaram sobre determinado assunto em economia. Porém, eles insistem em "cair" na lixeira de meu email, e são muitos!

Direto do Ciência Brasil

Vocês já viram um paper com esta quantidade de autores?

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22400826

Que tal adotarmos essa postura no PPGE? Só teríamos papers com 14 autores.