terça-feira, 22 de maio de 2012

Novo Texto

Pobreza antropométrica e os determinantes do status nutricional das crianças no Brasil

Gabriela Bezerra de Medeiros; Erik Alencar de Figueiredo; Edilean Kleber da Silva Bejarano Aragon

Resumo: Este trabalho analisa o status nutricional das crianças brasileiras menores de cinco anos de idade. Primeiro, são construídos indicadores de pobreza antropométrica e testado se as mudanças ocorridas entre os anos de 1996 e 2006 foram estatisticamente significativas. Para o período em análise, constatam-se significativas reduções na pobreza antropométrica e, em especial, nos indicadores de desnutrição crônica. Para analisar os determinantes do status nutricional das crianças, estimam-se modelos de regressão multinível e linear. Os resultados encontrados mostram que: i) a educação da mãe afeta positivamente o status nutricional das crianças, sendo este impacto maior no curto prazo; ii) a renda domiciliar per capita tem um efeito positivo e significativo somente para as crianças com mais de 24 meses; iii) as crianças que vivem na região Norte tendem a apresentar um status nutricional inferior ao das crianças de outras localidades do país; e iv) a realização de pré-natal tem efeito positivo sobre os indicadores de nutrição para as crianças com menos de 24 meses.

Nenhum comentário: